Ana Pinho mantém-se à frente da

O ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, manteve a sua equipa inalterada face ao anterior executivo, com os mesmos responsáveis pelas

Notícias Ana Pinho mantém-se à frente da secretaria de Estado da Habitação
22 OUT 2019 Voltar
12496570639157z.jpg

O ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, manteve a sua equipa inalterada face ao anterior executivo, com os mesmos responsáveis pelas pastas da Comunicação, Infraestruturas e Habitação.

Segundo a lista de 50 secretários de estado para o XXII Governo Constitucional apresentada hoje ao Presidente da República pelo primeiro-ministro indigitado, Alberto Souto de Miranda continuará a ser secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Jorge Delgado voltará a ocupar a secretaria de Estado das Infraestruturas e Ana Pinho mantém a Habitação.

Para a Associação Lisbonense de Proprietários e a Associação Nacional de Proprietários (ANP) a manutenção de Ana Pinho na Secretaria de Estado da Habitação “é mais do mesmo para o sector, sem alterações nas políticas".

Em declarações à agência Lusa, o presidente da ANP, António Frias Marques, disse que a escolha de Ana Pinho para continuar na Secretaria de Estado da Habitação “não é uma surpresa”.

“É mais do mesmo. Já tínhamos percebido que António Costa aposta na continuidade, por isso, esta nomeação não foi uma surpresa. Isto quer dizer que vamos continuar sem casas em Lisboa e no Porto, por exemplo”, disse.

Também o presidente da Associação Lisbonense de Proprietários, Menezes Leitão, considerou que, ao manter Ana Pinho na Habitação, o Governo está a apostar na continuidade.

Menezes Leitão disse também que considera que Ana Pinho “tem estado com alguma atenção ao setor”, mas a associação preferia que tivesse tido “outro tipo de abordagem aos programas realizados”.

“Portanto, aqui esperamos uma continuidade e não vai ser alterado. Para haver mudança é preciso uma nova política, alterações às leis aprovadas no parlamento como a lei de base da habitação, a lei do arrendamento e o IMI”, concluiu.

Ana Pinho é secretária de Estado da Habitação desde 14 de julho de 2017.

 

(Fonte Lusa/DI, tratado por ASMIP)

Partilhar